O Meio de Ogawa - Kudoh (OK) e o diagnóstico da tuberculose

A tuberculose pulmonar é ainda hoje um grave problema de saúde pública. A sua associação com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), bem como a piora das condições sócio-econômicas, migração, deficiência das instituições de saúde, aumento dos casos de resistência às drogas antituberculosas e as mudanças na dinâmica de sua transmissão, evidentes nos ambientes hospitalares, levaram a um aumento considerável dos casos da doença, provocando um grande alerta mundial.

A cultura é considerada o padrão ouro para o diagnóstico da tuberculose. Poucos laboratórios executam este procedimento por falta de preparo e/ou condições.O meio de Lowenstein Jensen (LJ) é o mais difundido. Exige descontaminação da amostra antes da inoculação, sendo o Método de Petroff o mais usado.

Resumidamente no Método de Petroff, o escarro é misturado ao NaOH 1N e depois de dez minutos o material é centrifugado por 20 minutos e por fim, o sedimento é neutralizado com solução de HCl 1N com indicador. Só então a amostra é inoculada no meio de LJ.

O meio de Ogawa-Kudoh (OK) baseia-se no de LJ, porem sua formulação foi modificada focando otimizar a etapa de descontaminação.

A metodologia OK apresenta as seguintes vantagens:

  • Fácil execução;
  • Baixo risco de contaminação para o manipulador bem como do cultivo
  • Boa sensibilidade para detecção de M. tuberculosis em amostras de escarros.

Por essas razões pode ser empregada nos laboratórios com baixos recursos financeiros e humanos para ampliar a cobertura diagnóstica da tuberculose pulmonar.

Método de Descontaminação:

Este método fornece resultados similares aos obtidos no método de Petroff. Sua aplicação é indicada principalmente para amostras de escarro. É uma técnica rápida e simples, não requerendo o uso de centrífuga. Também permite que um laboratório local, sem recursos de equipamentos, faça a semeadura no meio de Ogawa-Kudoh e envie ao laboratório de referência para incubação e leitura.

Entre para postar comentários