Aplicação Creatinina Enzimática Labtest Aplicação Creatinina Enzimática Labtest
Quarta, 20 Fevereiro 2019 12:12

Conheça a Metodologia Enzimática na Determinação Direta da Creatinina Sérica

Um novo método surgiu para deixar os profissionais de análises clínicas mais próximos da determinação direta e precisa da creatinina sérica, é a chamada “creatinina enzimática”. O método foi desenvolvido no Brasil com pioneirismo da empresa Labtest, com base em reações mediadas por enzimas altamente específicas que apresentam maior precisão aos laudos laboratoriais.

A Creatinina Enzimática utiliza as enzimas creatinina amidohidrolase, creatina amidinohidrolase e sarcosina oxidase, junto à reação de Trinder. Com essa combinação é possível determinar a concentração de creatinina em amostras de soro, plasma e urina.

A metodologia oferece maior especificidade na determinação do analito, eliminando a interferência de proteínas plasmáticas e outros cromógenos, comumente observada nos métodos diretos que utilizam a reação de Jaffé. Assim, não é necessário fazer cálculos para minimizar outros interferentes pois o método enzimático sofre menos interferência, logo, é uma  metodologia de maior confiabilidade.

Uma particularidade desse método é a linearidade, ela chega a ser dez vezes superior ao método tradicional, ou seja, a determinação de altas e baixas concentrações de creatinina está dentro do intervalo operacional do reagente, fato esse que diminui a ocorrência de repetições de testes e consumo desnecessário de reagentes.

Além disso, o produto utiliza substâncias menos corrosivas, diminuindo a impregnação de cubetas de reação e mangueiras. A tubulação do equipamento fica livre de corantes, o que resulta em uma redução significativa nos custos de manutenção dos laboratórios.

 

Solicite aqui o seu orçamento e teste e Creatinina Enzimática Labtest!

 

 

Fonte: https://labtest.com.br/a-metodologia-enzimatica-na-determinacao-precisa-e-direta-da-creatinina/